sexta-feira, 9 de outubro de 2009

PROJETO DE LEITURA:O Pequeno Príncipe


Programa Gestão Aprendizagem Escolar – Gestar II
Língua Portuguesa Curso de Formação de Professores
Colégio Góes Calmon. Município/Estado: Brejões – Bahia
Professoras: Paula Alexandra Cunha e Elaine Santos Sales

PROJETO:O Pequeno Príncipe

GESTAR II - 2009

PROJETO DE LEITURA

1. Tema: O Pequeno Príncipe

2. Problema:

Nota-se que a falta de trabalho específico e motivamente com leitura traz como conseqüência problemas agravantes em sala de aula como: desinteresse e descaso, falta de cooperação entre os alunos em trabalho em grupo, etc.
O que é proposto pelos PCN (Parâmetros Curriculares Nacionais), é que se trabalhe com a diversidade textual a fim de tornar o aluno um leitor competente, capaz de saber realizar uma leitura crítica das diferentes linguagens.

3 - Público-Alvo:

Alunos da 8ª série (9º ano) do Ensino Fundamental II.


4 - Justificativa:

O projeto surgiu com a intenção de contribuir na melhora da deficiência de leitura e escrita, utilizando o livro de literatura “O Pequeno Príncipe”, por ser um tipo de texto de leitura rápida e intrigante. Um requisito do material quando bem trabalhado, propõem aos alunos um bom debate e um maior aprofundamento do que seja o uso da Língua Portuguesa, além de incentivar o hábito da leitura prazerosa e de fácil entendimento.
Ressalvando que a realidade da escola é de alunos desinteressados pelo processo de leitura e escrita, retratando o Brasil como um dos países em que o processo de educação não acontece de forma eficaz e significativa, mantendo-o, dessa forma, como o líder da pior distribuição de renda do mundo, refletindo assim estes resultados em sala de aula, onde é cada vez crescente o desrespeito ao professor, a desarmonia entre alunos e a grande dificuldade de manifestarem suas opiniões sobre determinado assunto, além de não entenderem o que foi lido.
Com base na diferença de classes sociais, pode-se compreender as dificuldades que se apresentam no universo de leitura do aluno, por isso, se faz necessário que o professor trace novas estratégias de ensino, fuja do tradicionalismo que é autoritário e intolerante.


5. Objetivo Geral:

Promover a leitura de textos literários na escola, criando situações que as crianças observem algumas características deste gênero textual, favorecendo e desenvolvendo o gosto pela leitura, por meio de atividades diversificadas.


6. Objetivos Específicos:

Ler por prazer;
Apreciar texto Literário;
Participar das atividades propostas relacionadas á leitura do texto;
Desenvolver o hábito de leitura, ampliando o repertório leitor do aluno;
Propiciar condições de interação com grupo;
Desenvolver a expressão oral dentro e fora da sala de aula;
Analisar os diferentes gêneros atentando para as diferenças inerentes as suas estruturas;
Fomentar a discussão de valores e comportamento na sociedade contemporânea;

7. Revisão Literária

A importância e a necessidade do ato de ler para o aluno são indispensáveis nos dias de hoje, onde é papel da escola incentivar a leitura de variados tipos de textos proporcionando aos seus alunos condições para que se tornem leitores competentes.
É mister frisar que a leitura é muitíssimo importante, pois “[...] amplia e integra conhecimentos [...], abrindo cada vez mais os horizontes do saber, enriquecendo o vocabulário e a facilidade de comunicação, disciplinando a mente e alargando a consciência (...)" (RUIZ, 2002, p. 35).
Ler, todo mundo sabe, está longe de ser uma tarefa fácil. Dá muito mais trabalho do que ver televisão, ouvir música ou pensar na vida. Qualquer leitura exige o domínio da língua e suas nuances, além de tempo e concentração, determinação e conhecimento sobre o tema (ou vontade para aprender e descobrir). Mas, ler é o único jeito de se comunicar de igual para igual com o restante da humanidade, seja no tempo - por meio de textos escritos por gente que já morreu como Monteiro Lobato ou William Shakespeare -, seja no espaço - ao ver, em jornais, livros e revistas, o que japoneses ou alemães acham de eventos que estão ocorrendo neste exato momento. É nos escritos que desvendamos outras culturas, que hábitos e histórias diferentes se revelam para nós, compreendemos, de fato, o sentido da expressão diversidade (de idéias, vivencias, sonhos, experiências).
É por isso que ler é, talvez, a coisa mais importante que a escola tem a ensinar - e não só aos alunos. Infelizmente, porém, muitos professores brasileiros não sabem como trabalhar a leitura em sala de aula: “A maior parte das escolas só trabalha com textos didáticos e literários e, muitas vezes, de maneira burocrática, sem sentido para os alunos" (Delia Lerner).
Contudo, é necessário que os professores desenvolvam estratégias e procedimentos de leitura eficientes para ensinar a seus alunos três comportamentos distintos: ler por prazer, para estudar e para se informar, atribuindo, dessa forma, significado ao que ler, entendendo como Luckesi (2003, p. 119) que “[...] a leitura, para atender o seu pleno sentido e significado, deve, intencionalmente, referir-se à realidade. Caso contrário, ela será um processo mecânico de decodificação e símbolos".

Acreditando na importância da leitura, o estímulo da concretização do hábito de leitura, espera-se formar cidadãos capazes de compreender o mundo.


8. Conteúdo Programático

Tipologias textuais: narrativa literária e poesia;
Gêneros textuais: música, fábula.

9 - Metodologia:

Propor aos alunos a leitura do livro “O Pequeno Príncipe”, onde serão desenvolvidas atividades específicas que despertem o interesse pela leitura e reprodução oral;
Formar grupos para o desenvolvimento da Gincana de Leitura;
Levantar questionamentos sobre os valores presentes no texto;
Quebra-cabeça;
Dramatização;
Exibição de filme;
Roda de leitura.

10 - Recursos humanos e materiais

Alunos da 8ª série;
Professores de Língua Portuguesa;
Livro Literário;
Atividades xerografadas;
DVD;

Lousa e piloto.

11 - Cronograma:

Cronograma
DATA
HORÁRIO
ATIVIDADES DESENVOLVIDAS
26/10/09
13:20 as 15:00
Roda de Leitura: O Pequeno Príncipe.
28/10/09
16:00 as 16:50
Roda de Leitura: O Pequeno Príncipe.
29/10/09
13:20 as 15:00
Roda de Leitura: O Pequeno Príncipe.
02/11/09
13:20 as 15:00
Exibição do Filme: O Pequeno Príncipe.
04/11/09
05/11/09

16:00 as16:50
13:20 as 15:00
Atividades envolvendo textos relacionados ao livro enfocando alguns conteúdos estudados em Língua Portuguesa.
09/11/09
13:20 as 15:00
Show do milhão: perguntas sobre o livro.
11/11/09
16:00 as 16:50
Quebra – cabeça: montagem
12/11/09
13:20 as 15:00
Dramatização


12 - Resultados esperados:


Formar leitores competentes;
Aprimorar o desempenho do aluno em sala de aula;
Melhorar a convivência dos alunos entre si;
Aprender a trabalhar em grupo;
Que os objetivos sejam alcançados;
Espera-se que ao final deste projeto diminua o desinteresse e o descaso dos alunos durante as aulas, que gostem de ler e apliquem os conhecimentos adquiridos no cotidiano.

Referências:

http://www.idbrasil.org.br/d rupal/?q=node/16065

http://www.planetaeducacao.com.br/novo/artigo.asp?artigo=432

LERNER, Delia. Todas as leituras. Nova Escola, São Paulo, XXI, nº 194, p. 31, agosto/2006.

Sugestões de Atividades


Os alunos escolherão um trecho do livro para a dramatização.

1ª Equipe:

2ª Equipe:



1. Qual o gênero do livro?
a) ( ) conto
b) ( X ) fábula
c) ( ) musica
d) ( ) novela

2. Quem é o autor do livro?
a) ( ) Joann Sfar
b) ( ) Antoine de Saint-Exenple
c) ( ) Joann de la Patrice
d) ( X ) Antoine de Saint-Exupéry

3. Qual foi o primeiro desenho do piloto quando criança?
a) ( ) um chapéu
b) ( ) uma rosa
c) ( ) um carneiro
d) ( X ) uma jibóia

4. O que o personagem fazia para testar a inteligência dos adultos?
a) ( ) fazia várias perguntas
b) ( X ) mostrava o seu primeiro desenho
c) ( ) perguntava sobre um determinado assunto
d) ( ) pedia para fazer um carneiro

5. O narrador personagem era aviador. Caiu no deserto do Saara por causa de uma pane no motor. O que ele encontrou no dia seguinte?
a) ( ) um camelo
b) ( X ) um homenzinho
c) ( ) um pintor
d) ( ) uma serpente

6. De onde era o principezinho?
a) ( ) do asteróide 325
b) ( ) um planeta
c) ( X ) do asteróide B 612
d) ( ) do asteróide 613

7. O principezinho se preocupa em manter seu pequeno planeta livre dos baobás. O que são os baobás?
a) ( X ) árvores
b) ( ) arbustos
c) ( ) flores
d) ( ) ervas

8. O príncipe tinha medo que o carneiro uma planta especial que ele tinha em seu planeta. Qual era?
a) ( ) erva-doce
b) ( ) flores do campo
c) ( ) baobás
d) ( X ) uma rosa

9. O que motivou o principezinho a fugir de seu planeta?
a) ( ) a vontade de conhecer outros planetas.
b) ( ) queria ser príncipe de um planeta maior para ter mais rosas.
c) ( ) desejava encontrar outras espécies de flor e fazer um belo jardim.
d) ( X ) fugir das exigências da rosa e porque ela era muito presunçosa.

10. Ao partir de seu planeta, o príncipe passou primeiro pelo asteróide 325. Este asteróide era habitado por um rei. O que o rei propôs ao principezinho?
a) ( ) que morasse com ele e fosse seu súdito.
b) ( X ) que se tornasse seu ministro da justiça.
c) ( ) que apenas ficasse ali sentado bocejando o quanto quisesse.
d) ( ) que limpasse seu planeta dos ratos.

11. No segundo planeta também havia apenas um habitante. Quem era?
a) ( ) um velho gordo e mentiroso
b) ( ) um cogumelo
c) ( X ) um vaidoso
d) ( ) um embaixador

12. Chegando ao terceiro planeta o principezinho encontrou um homem de negócios. Ele disse ao principezinho que havia sido incomodado três vezes. Quais foram os três incômodos?
a) ( ) um pássaro, um besouro e o príncipe.
b) ( X ) um besouro, o reumatismo e o principezinho.
c) ( ) um besouro, umas moscas e o principezinho.
d) ( ) uma abelha, a máquina calculadora e o príncipe.

13. No quarto planeta, habitava o acendedor de lampiões. Qual era o motivo que o levava a acender e apagar o lampião de minuto a minuto?
Resposta: O planeta era tão pequeno que o dia levava um minuto.
O planeta levava um minuto para completar uma volta.
(PESSOAL)

14. Quem foi o personagem que aconselhou o príncipe a visitar o planeta Terra?
a) ( X ) o geógrafo
b) ( ) o bêbado
c) ( ) o homem de negócios
d) ( ) o rei

15. A Terra não era um planeta qualquer. Lá existiam milhares de geógrafos, negociantes, beberrões, vaidosos e acendedores de lampião. O autor, com relação ao planeta Terra, quis dar idéia de quê?
Resposta: Que o planeta Terra era muito grande e que tinha todo o tipo de pessoas com personalidades diferentes.
(PESSOAL)

16. Em que lugar da Terra o príncipe passou? Qual foi o primeiro ser com quem falou?
a) ( ) Na África, no deserto de Gobi e se comunicou com uma minhoca.
b) ( ) Na América, numa praia e se comunicou com uma flor.
c) ( ) Na América, num deserto e se comunicou com uma serpente.
d) ( X ) Na África, no deserto do Saara e se comunicou com uma serpente.

17. A raposa ensinou ao príncipe o que é ser amigo. O que deve ser feito para se ter um amigo?
a) ( x ) Para se fazer um amigo temos que criar laços, conhecer bem a pessoa que se quer cativar.
b) ( ) Para se ter um amigo temos que desatar laços antigos com outras pessoas.
c) ( ) Devemos conquistar a pessoa com presentes e sempre fazer e dizer o que o outro gosta.
d) ( ) Devemos sempre nos preocupar em não magoar a pessoa esperando sempre que ela nos retribua.

18. Depois do encontro com a raposa, o principezinho encontrou o guarda-chaves que era responsável por dividir e despachar...
a) ( ) pacotes e presentes
b) ( ) crianças e brinquedos
c) ( X ) pessoas em trens
d) ( ) carvão em trens

19. No oitavo dia em que o piloto estava no deserto, o príncipe contou-lhe a história do vendedor. O que esse personagem vendia?
a) ( ) remédios para o reumatismo
b) ( X ) pílulas que aplacavam a sede
c) ( ) xarope para a tosse
d) ( ) comprimidos para a fome

20. Depois de beberem a água do poço, o piloto voltou para o avião a fim de consertá-lo. No dia seguinte retornou e encontrou o principezinho falando com alguém. Quem era?
a) ( X ) uma serpente
b) ( ) a raposa
c) ( ) uma flor do deserto
d) ( ) um camelo

21. Quanto tempo o príncipe ficou na terra?
a) ( ) um dia
b) ( ) um mês
c) ( ) uma semana
d) ( X ) um ano

22. Como termina a história?
Resposta: o príncipe deixa-se picar pela cobra e cai. Morre. Para ele era o único modo de voltar para seu planeta.

23. Quantos anos se passaram até que o aviador contasse esta maravilhosa história?
a) ( ) dois anos
b) ( ) dez anos
c) ( X ) seis anos
d) ( ) quatro anos

4 comentários:

  1. Gostei muito das questões, abrange bem o tema , ao mesmo tempo que vai dando uma ligação no desenrolar da história.
    òtimo trabalho.

    ResponderExcluir
  2. Adorei, me ajudou muito para um trabalhinho.

    ResponderExcluir